Grupo Kapoarte

Geisimara Matos & Matthias Röhrig Assunção (maio de 2020)

O grupo Kapoarte foi fundado em 20 de janeiro de 1965 por Mintirinha, Paulão da Muzenza, Piriquito, Khorvão e Silas. O nome original, na época de sua fundação, era Associação de Capoeira Kapoarte Filho de Obaluaê. Como hoje explica o Mestre Mintirinha: “Foi o primeiro grupo que eu montei. Depois passou a se chamar Kapoarte. Porque eu tirei Obaluaê? Porque a capoeira não é religião. Capoeira é capoeira.” (Entrevista, 2019)

Ainda de acordo com Mestre Mintirinha, o Kapoarte começou suas atividades na academia de Milton Ribeiro, que ficava localizada na Rua Etelvina, no bairro de Olaria. Durante a década de 1970, o Kapoarte participou de alguns campeonatos de capoeira no Rio de Janeiro como, por exemplo, o Torneiro Interclubes de Capoeira. No torneio do ano de 1975, o Kapoarte esteve entre as academias com o maior número de vencedores em todas as modalidades. No ano seguinte, o Kapoarte repetiu o bom desempenho, levando cinco troféus ao final da competição.

Kapoarte placa marca
Mestres Khorvo, Mentirinha e Paulão em evento na antiga quadra do Cacique de Ramos, nos anos 1970. Foto: acervo M. Paulão.
Kapoarte entrevista 2 marca
Mestre Silas, ladeado por Matthias Assunção e Cobra Mansa, durante a entrevista para o CapoeiraHistory, em 2018

Em seguida, os mestres Mintirinha, Paulão e Khorvo fundaram outros grupos, e o Mestre Silas ficou à frente do grupo. A grafia com K no nome “Kapoart” se deve, segundo Mestre Silas, ao quimbundo, ou melhor, ao kimbundu segundo grafia mais aceita para línguas bantu. De acordo com M. Silas: “[…] kimbundo não tem ‘c’. Aí eu botei Kapoart com ‘k’ porque kimbundu não tem ‘c’. Nem ‘q’ também”. Assim, a sua preocupação com a questão da negritude e as raízes angolanas contribuiu para a grafia particular do nome.

Com longo percurso, resistindo até hoje, o grupo de Capoeira Kapoarte é um dos mais antigos grupos cariocas em atividade. Acabou formando muitos professores e mestres (veja lista abaixo) e está presente em vários bairros do Rio de Janeiro, tendo seu maior reduto na Maré. Mestre Silas, hoje com 76 anos, ainda comanda o “Quilombo Kapoarte”, como chama a morada da família e a sede do grupo, no bairro de Brás de Pina, na zona norte do Rio de Janeiro. As rodas na sede reúnem desde os alunos mais antigos aos iniciantes recentes.

Fontes:

Entrevistas com Mestres Silas (2018) e Mintirinha (2019)

Jornais da Hemeroteca Digital da BN

Informação e fotos providenciadas pelos mestres Galileu e Paulão da Muzenza

Kapoarte pose marca
Confraternização do grupo Kapoarte e da equipe do Capoeira History após a entrevista e roda em 2018.