Danças

Dentre as muitas danças do sudoeste angolano, Khakula, Ovipiluka ou Ovissungo e Onkhili foram as presenciadas pela equipe do projeto.
Jogo lines

Khakula

Khakula é um desafio entre proprietários de gado. Os pastores louvam cada um de seus bois num canto recitado (Sprechgesang), acompanhado de breves inserções dançadas que imitam a forma dos chifres ou o andamento do boi. Como o soba Pingafana explica no filme, isso permite aos homens mais abastados (e geralmente mais velhos) brilhar, já que pastores mais pobres não têm tantas cabeças de boi para se gabar.
NN_dança_3.4. Khakula soba marca
Alberto Joaquim Muaninga, Soba Grande de Mucope, executando a Khakula.
NN_Dança_3.4. Mucope-Umbigada marca
Umbigada na dança Ovipiluka (Mucope).

Ovipiluka e Ovissungo

Ovipiluka e Ovissungo são os nomes da dança, mas também das cantigas executadas pelas mulheres Humbi no sul de Angola (extra 3). A dança é usualmente acompanhada por dois tambores e palmas de mão, e as cantigas dão o quadro de referência para o evento. Por exemplo, os breves versos no início e no final dão as boas-vindas aos hóspedes e agradecem ao dono da casa. Outras cantigas se referem aos temas centrais da celebração e usam humor para tecer comentários sobre o comportamento das pessoas. A dança segue um passo padrão, que acompanha os tambores, mas é interpretada através de variações e improvisações individuais. Omumbanda é uma dança mais antiga para mulheres, hoje raramente praticada.

Onkhili

Onkhili é uma dança atlética de um povoado no município de Quilengues. Seus saltos notoriamente poderosos já foram documentados no início do século XX. As mulheres não saltam, mas suportam todo o peso dos homens sobre seus ombros. Também proeminentes na forma de hoje são os chutes de zebra realizados por homens.
NN_dança_3.4. Onkhili Bonga_marca
Apresentacão de Onkhili em Bonga (Município de Quilengues, 2010).